BLOG COMERCIAL.

Fique por dentro das novidades, atualizações e práticas recomendadas do Instagram.

Dica, Inspiração

18 de setembro de 2019

É assim que a Dobra e a Netflix fazem: proximidade para fortalecer a marca

DE: Equipe do Instagram Empresas

São Paulo, BR

Aproximação. É assim que Vinícius Losacco, Vice Presidente de Marketing América Latina da Netflix (@netflixbrasil), define o papel do Instagram para a empresa. É com essa palavra também que Ana Clara Schuler, Content Creator da Dobra (@querodobra), descreve a maior vantagem que a plataforma trouxe. E o que a provedora global de filmes e séries via streaming tem em comum com uma marca de produção local e artesanal de carteiras de papel? Ambas estão se fortalecendo a partir da relação com suas comunidades.

O Instagram é um lugar para se contar histórias e, principalmente, aproximar essas histórias da vida real das pessoas. É por isso que hoje sentimos ter criado uma comunidade de pessoas extremamente engajadas com nosso conteúdo e com nossa marca.
Ana Clara Schuler, Content Creator, @querodobra
O Instagram cria pontes entre pessoas que compartilham algo em comum, estabelecendo um senso de comunidade, mesmo quando estão a quilômetros de distância.
Vinícius Losacco, VP Marketing América Latina, @netflixbrasil

Para Ana Clara, o grande diferencial da Dobra está na comunicação. Essa identificação entre marca e cliente deixa sempre em evidência seu principal valor: ser uma empresa humana. Ela conta que o Instagram não serve só para contarem a história dos produtos legais e diferentes que produzem, mas também a das pessoas que se envolvem com a Dobra, de como é feita a gestão, e de como dá para fazer diferente das outras empresas.

Nas palavras dela, "é uma história sobre ser mais humano, sobre ser mais próximo, mais descontraído e ainda levar muito a sério questões como sustentabilidade, produção local e de como um atendimento bom e de respeito deve ser".

Do outro lado, a Netflix também aposta em um tom de voz único para se conectar com as pessoas. Segundo Vinícius, "o mais importante é termos um canal que permita uma conversa autêntica com nossos seguidores, na maneira como eles falam entre si, ouvindo e entendendo suas necessidades".

Foco nas conversas

A criatividade na forma de conduzir conversas e interagir com os clientes já fez campanhas e publicações da Netflix ficarem famosas em questão de segundos. E é justamente essa a intenção da marca ao usar o Instagram: conversar. "Chamamos isso de consumer joy, que provoca um boca a boca orgânico, atraindo ainda mais pessoas para falar sobre nossas séries e filmes", disse Vinícius.

Como uma empresa que confia nessa consumer joy, queremos deixar os fãs das séries e filmes empolgados o bastante para falarem sobre nós e compartilharem com os amigos.
Vinícius Losacco, VP Marketing América Latina, @netflixbrasil

Um dos posts com maior número de impressões no Instagram da Netflix Brasil foi este sobre Bird Box. A publicação fazia referência ao episódio interativo da série Black Mirror, "Bandersnatch". No enredo dele, o espectador escolhia o caminho que trama tomaria com um clique no controle remoto ou no mouse.

Na visão de Vinícius, todo o engajamento que a marca conquista a cada publicação "equivale a um crescimento de longo prazo para nossos negócios, porque conseguimos que mais pessoas se apaixonem pela nossa marca, fortalecendo ela".

A Dobra também aposta na interação com seus clientes e comemora o sucesso: "É um resultado que percebemos pelas reações às enquetes, pelo uso da hashtag #querodobra, pelas menções nos stories, Direct Messages, marcações em fotos combinadas com legendas longas e emocionantes sobre a experiência com nossos produtos", diz Ana Clara.

Dobra
Conteúdos interativos que permitem às marcas criarem a partir da troca com a audiência é algo muito poderoso, porque engaja e faz com que a essas pessoas se sintam parte da criação
Ana Clara Schuler, Content Creator, @querodobra

Ela também conta que a quantidade de cliques em links quando lançam algo novo pelo stories é expressiva. Isso mostra que o crescimento da Dobra se observa, principalmente, pela relação que criaram com as pessoas que os acompanham. Ana Clara diz que "cada pessoa que vem até a Dobra importa" e é essa receptividade que procuram demonstrar no atendimento, criando conexões verdadeiras com a comunidade.

Por isso, ela deixa a dica para as marcas que querem se aproximar das pessoas: "um bom lugar para começar é mapeando os contextos sobre os quais se pode criar conversas relevantes com o seu público ou com o público que você quer alcançar". Para Ana Clara, uma das coisas mais importantes a se fazer como marca é ser genuína na comunicação e se mostrar presente e disposta a conversar com os clientes — da mesma forma que a Netflix também faz.

Quer saber como outras marcas fazem? Então conheça as outras histórias aqui!

DE: Equipe do Instagram Empresas

São Paulo, BR